2004-12-26

 

NEM NO NATAL DESCANSAM

Ainda o caso da Caixa Geral de Depósitos: perante a decisão do “governo” de transferir as verbas do fundo de pensões da Caixa, a administração do banco demitiu-se. Percebeu-se que Bagão Félix não viu que daí viesse mal ao mundo, o Expresso noticiou mesmo que este não terá travado as demissões.
A manhã das notícias de hoje trazia-nos o eco do comunicado emitido ontem (!!) pelo gabinete do primeiro-ministro garantindo que “Vitor Martins continuará na presidência da CGD no cumprimento do seu mandato e não apenas provisóriamente, até ser substituído” (cfr Jornal Público).
O gabinete do primeiro-ministro tem necessidade de emitir um comunicado em pleno dia de Natal que no essencial não traz nada de novo.
Na verdade, emitir este comunicado, nesta data, com esta urgência, é apenas uma forma do primeiro-ministro conferir uma importância a um facto que o ministro das finanças se tinha encarregue de desvalorizar.
Mais um episódio da guerra surda dentro do “governo”.

P.S. Quem tivesse dúvidas acerca do doentio egocentrismo e do lamentável sentido de oportunidade do primeiro-ministro ficou, com certeza, esclarecido ao ouvir a sua comunicação de Natal...

Comentários:
Ao ouvir tamanha idiotice até me deu vontade de vomitar!
 
É triste mas é verdade.
O pagode está a acabar-se...e foram 4 meses (Caros) MAS BEM DIVERTIDOS!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?