2005-01-20

 

MAIS UM EXEMPLO

Num aparente episódio de campanha, Santana Lopes denunciou aquilo que entende ser um exemplo dos “jobs for the boys” do PS. Com a encenação própria dos comícios desenvolveu a tenebrosa história do chefe de gabinete de José Sócrates que teria sido por este colocado numa destacada posição de um instituto público, já depois de perdidas as eleições pelo PS.
Com visível deleite e à-vontade, Santana foi desenvolvendo a história com profusão de pormenores. Acontece que tudo era falso. O senhor em questão foi nomeado é certo, mas por Isaltino Morais de quem não se conhecem simpatias ou paixões socialistas.Este é mais um bom exemplo do “estílo Santana”.
Perante o que julgou ser um “bom exemplo” contado por um amigo e antigo colaborador, Santana Lopes, não se preocupou em conferir a sua veracidade, não dedicou um minuto a perceber melhor os contornos do que lhe contavam. Tomado pela excitação de ter uma “boa história para contar”, confere a um relato inconsequente de café, o peso da intervenção pública do presidente do PSD e actual primeiro-ministro.
Lamentavelmente este é o retrato da sua acção política e governativa. Errático, pronunciando-se sobre o que manifestamente não domina (ou ignora), sacrificando todo e qualquer bom senso em nome de um minuto de projecção mediática.
P.S. - O PSD pediu desculpa aos visados fez bem. Um tema que é sério e que merece ser encarado de frente de tão obsceno (em que o PSD e o PS partilham desgraças), mais esta trapalhada de Santana Lopes traz ruído de fundo e confusão. Seria isto que ameaçava ontem, quando dizia "temo-nos mantido calados, o PS que não puxe por nós"?

Comentários:
Nisso ele tem razão... não é preciso que puxem por ele.
Ele próprio dá a corda aos sapatos para ir para a asneira!
 
um bom exemplo de como é fácil denegrir o bom nome de alguem! Imagine-se o que não deve haver em tribunais...
 
Desconfio que este Santana grita que lhe abanam a casa, mas é um dos que cá está fora a abaná-la.
 
Eis mais um caso de inépcia, que, todavia, nunca veremos do lado do PS : um Ministro socialista, a nomear, para um alto lugar do Estado, alguém que tenha sido chefe de gabinete de um Ministro de um Governo do PSD.

Quanto ao resto, cada artista tira ou tenta tirar os seus coelhos da cartola, mesmo que à custa de exacerbar o papel de eterna vítima dos malefícios alheios, incluindo dos do inquilino de Belém, que também não poderá fazer-se de vestal... Enfim, tudo actores medíocres a diminuirem Portugal... Quousque tandem...
 
Espanta-me como eles conseguem ter TANTOS exemplos!
 
A situação está a ficar patética, ás vezes interrogo-me se o PSL não está a ser sabotado em "casa", por quem(que os há lá),lembrando-se das eleições para a CML, receia um qualquer milagre.
São demasiados tiros no pé, para um indíviduo que, sendo medíocre, não é burro.
 
Não há uma alma caridosa que diga ao homem que se mantenha calado?... Ou estaremos perante um caso de 'martelo pneumático falante'?...
DespenteadaMental
 
O Socras não perdoou! Acho bem e porquê?
Imaginemos que não tinha havido o tal engano... mas, houve a inyenção...onde podemos lixar aqueles tipos? Foi isso que contou.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?