2005-02-21

 

MUDANÇA

Na noite de todas as mudanças, na noite em que o país se manifestou de forma clara, na noite em que tudo ficou esclarecido, um homem olha para a sala onde fará a sua intervenção, contempla todos os que o aclamam, sente-se renovado por ouvir o seu nome gritado por algumas dezenas de pessoas. Este homem teima ver, na sala onde se prepara para falar, o País.
Está perdido, confuso, não consegue distinguir a sua ilusão da realidade.
Respira fundo, bebe um pouco de água, toma a palavra. Solta os demónios, aponta o dedo, perde-se em cálculos improváveis, alquimias numéricas, explicações sem nexo, ameaças de combate, vamos a eles, não baixar os braços, venha um congresso e extraordinário.
Sai da sala, vai zangado, não tem dúvidas: algures no mundo seres malignos tecem teias, procuram o seu mal.
Desce as escadas devidamente enquadrado pelos guarda-costas que o protegem do(s) mafarrico(s), passo apressado que o tempo urge, vai ligeiro, convicto, destruindo o partido que mentes mefistofélicas lhe entregaram nas mãos.
Vê o partido como seu, como sendo ele próprio. Perdido por cem, perdido por mil.
Estava à beira do abismo, deu o passo em frente…

Comentários:
... deu o passo em frente com uma "pequena ajuda" de um país que utilizou o voto como uma arma, a única que nos resta para combater Santanas destes.
 
Esse homem pode arrastar para o abismo um partido essencial à nossa democracia!
 
Luís,
O PSL teve o que mereceu e o que mereceram todos os que, dentro do PSD, o apoiaram ou se calaram, perante toda a esquizofrenia exibida. Espero que retirem a devida lição.
Esperemos, agora, que a atitude digna dos portugueses seja bem interpretada e, sobretudo, respeitada, porque já é tempo de acabar com a feira de vaidades em que criaturas insignificantes a transformaram, pondo-a ao seu nível e serviço.
Abraço.
 
Era eu, no comentário anterior.
DespenteadaMental
 
E quer levar todos com ele... Nada vai ser dado.
Vitor José.
 
Respondo ao convite de visitar este espaço (com actualização semanal? ;) achei curioso o enquadramento do blog...) e nada tenho a comentar aqui, neste post.
Até breve :)
 
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
 
Este homem tem o vício do poder. Não serve para líder da oposição. O lugar de deputado não lhe "fica bem". Quererá ele regressar à Câmara de Lisboa, para depois lançar a candidatura à Presidência da República, como ele sempre quis contra tudo e contra todos? E que tal voltar à Figueira para se recredibilizar politicamente como fez no passado? O seu ego está ferido e isso é tudo o que lhe interessa, independentemente das consequências que os seus actos tenham em toda a linha. Os próximos meses são decisivos para o futuro (ou não!!) político, quer pessoal quer do seu partido. Como disse Pindérico, um PSD forte é muitíssimo importante para a saúde da nossa democracia, para impedir o monopartidarismo em que o país quase caiu, a avaliar pelo roseiral em que o país se tornou no último domingo.

PS: dataveniablog.blogspot.com
 
http://holocaustum.blogs.sapo.pt/
Curioso...
 
Ainda não percebeu e dificilmente irá entender como e porquê o mundo lhe caíu em cima.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?