2005-03-14

 

SÍNDROME “BELA ADORMECIDA”

Confesso que estranhei a contenção de Pedro Santana Lopes. Durante mais de 72 horas manteve o silêncio sem um declaração à imprensa, uma pose a convidar as câmaras, uma frase, um olhar, um desabafo. Nada. Rigorosamente nada.
Tomados pela surpresa e aliviados, os portugueses sentiram – enfim - chegada a normalidade aos dias políticos. Puro engano. Santana Lopes não consegue viver sem esta vertigem da presença no palco do grotesco. Autêntico “jungleur” ei-lo em mais um número. Provando que, pura e simplesmente, desconhece o recato, a correcção e a contenção, conseguiu transformar o seu putativo regresso à Câmara num folhetim.
Numa revisão tosca da história da “Bela adormecida” o “Pedro” reclama para si mais uns momentos de atenção. Ensaia um “tabu”, aguarda um beijo de boas vindas, anseia uma comissão de recepção.
Lá no mundo de fantasia em que vive, aproveita as horas do “suspense” em que julga ter mantido os portugueses para conversar com o pinóquio e o rato Mickey. Este último explica-lhe as razões para a derrota no congresso do PP em tempos idos: “acreditei no Expresso e na Zezinha, foi a minha desgraça, pá!”, Chega já o Tintin que ainda não compreendeu a razão para ser mais conhecido em Portugal pelo seu plural, entretanto o Ken perdido de amores com a Barbie não prestou muita atenção ao “Pedro” pelo que foi admoestado pela abelha Maia, cansada das suas inconveniências.
A festa estava bonita, muito animada, quase a fazer lembrar outras noites da capital, nisto, chega o capitão gancho (conhecido pelo seu proverbial mau feitio) que grita: Raios partam, Pedro. Sempre o mesmo frenesim, faz favor de acabar com a festa e regressar lá para a realidade, desampara-me a loja!
Cabisbaixo o “Pedro” teve apenas ocasião de arrumar o fatinho de “bela adormecida”, tendo prometido apenas que da próxima viria como grilo falante!

Comentários:
Bela adormecida (X)
É preciso ter paciencia de X para deixar um comentário!
É preciso que a Bela esteja mesmo adormecida para se iludir com o disfarce do Pedro!
É preciso cuidado porque o Pedro ainda não tirou o disfarce de X
Um abraço
 
Faltou paenas o Patinhas (o Tio), o do pilim, por isso é que o Pedrinho voltou...
 
Nesse autêntico País das Maravilhas, apenas faltou a "Alice", mas essa "jà não mora aqui" e o Pedro qualquer dia também não...
Bela estórinha.
 
Vá, vamos confessar! Até já estranhavamos a ausencia destas trapalhadas todas!
 
Os lisboetas que me desculpem, mas foram eles que votaram nele. Os portugueses no geral, pareceram mais equilibrados, ao fazerem o que fizeram no dia 20 de Fevereiro.
A blogosfera vai voltar a animar com a ida do PSL para a câmara.
Um abraço.
 
Boa-noite Luís,
a bela adormecida é muito lisonjeador para Santana Lopes; a figura do grilo falante, com complexos de bichinho predestinado assenta-lhe melhor. Infelizmente, por estas bandas do Atlântico, as pessoas não se terem na conta certa é um problema enorme.
Um abraço
 
Luís,
O homem nasceu fora do tempo. Daria um imbatível bobo da Corte. Não tendo rei que lhe dê estatuto e espaço para exibições, tem a televisão que lhe garante o 'palco'. E o que ele gosta de ver-se - parece um periquito frente ao espelho.
Abraço.
 
E quem é que lhe vai dar o beijo??
Coitado dele!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?