2005-05-08

 

BELÉM E OEIRAS

Durante este fim-de-semana surgiu na imprensa, com algum destaque, o nome de Maria de Belém como eventual candidata do PS à Câmara de Oeiras.
Hoje, Belém confirmou o convite - exibindo uma evidente falta de entusiasmo - afirmando que vai ponderar (com calma), sendo certo que não esquece o seu compromisso como deputada.
Caso Maria de Belém recuse, dificilmente alguém com peso político aceitará desempenhar um papel notoria e publicamente de segunda escolha.
Jorge Coelho não é ingénuo, muito longe disso. Por esse motivo não se compreende que tenha sido anunciado um convite sem que haja a certeza da sua aceitação ou, sequer, que este seja estimulante para a convidada.
A não ser, claro, que exista uma declarada intenção de fazer crer que foi tentada a melhor solução, sem sucesso, justificando uma candidatura socialista secundária, alimentando a luta de Isaltino com o PSD, o que a ser verdade seria lamentável e perigoso para o PS.

Comentários:
Estupenda a sua análise, diria mesmo que é um brilhante exercício de perspicácia politica.
A sistemática postura de falta de ambição que o PS tem tido em Oeiras é mais do que conhecida, mas desta vez há mesmo um nebulosa por clarificar.
Se for o que pensamos, estamos mesmo muito mal, porque continua o jogo do golpe e contra golpe.
 
Na verdade não se entende.
Nem deve ser para se entender.
 
Que a sua análise faz todo o sentido, não tenho a menor dúvida. Mas, a bem da democracia, desejo ardentemente que esteja enganado!
 
a menina nas palhas deitada não tem hipótese e já disse que não tira o lugar ao Isaltas...
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?