2005-05-02

 

NA GALHOFA: A VERDADE

.
A equipa de spin doctors do senhor George Bush decidiu criar um momento de galhofa numa tentativa de garantir uns momentos adicionais de cobertura televisiva positiva.
No jantar de gala dos correspondentes na Casa Branca o discurso do Presidente foi interrompido pela sua mulher, que desempenhou razoavelmente o papel que lhe destinaram de “esposa com ironia".
Neste espectáculo demasiado óbvio com algumas graçolas pouco inspiradas, sobrou um interessante comentário à senhora sua sogra, mas sobretudo uma extraordinária observação quando (mencionando o hábito do Presidente de resolver todos os problemas do seu rancho texano fazendo uso da serra mecânica) disse: “deve ser por isso que se dá tão bem com Cheney e Rumsfeld”.
Exactamente senhora D. Laura, ninguém diria melhor!

Comentários:
Caro Luís,

Gostei da intervenção da senhora. A brincar a brincar, a Mrs. Laura lá colocou os pontos nos i's.
Como já não há a preocupação de renovar nenhum mandato, este género de intervenções podem ser feitas.
Desde a "mamã" de G.W.B. aos amigos "serra eléctrica", penso que não escapou nenhuma.
 
Aquilo parecia as rábulas do senhor contente e do senhor feliz...
 
Gostei da intervençaõ inesperada da Laura! Interrompendo o Walker Bush evitou que o rapaz dissesse mais uma bacorada. Ficaram todos radiantes...os americanos riem-se até do que não tem piada.
 
Aquilo foi uma maravilha! Só nos falta agora, que o Herman os convide para uma palhaçada por cá!!!
 
Diz-se que a sogra da D. Laura ter-se-á curvado e flectido as pernas perante o duque de Edimburgo, aquando de uma visita ao Reino Unido.
Cá para mim, acho que a Laura seria capaz de um beija-mão.
Tal sogra, tal nora...
 
Pois..Um espetáculo demasiado óbvio!
 
De espontâneo não teve nada e só veio mostrar que lá em casa são todos virados para a palhaçada... ou para a bebida!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?